fbpx

MPRJ denuncia 11 pessoas por estupro de vulneráveis, entre elas um coronel da PM

Publicado em 01/10/2019 10:41 – Atualizado em 01/10/2019 17:01

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 25ª Promotoria de Investigação Penal, denunciou onze pessoas envolvidas no estupro de dois menores de 14 anos: um menino e uma menina. Entre os denunciados estão Raphael Zanini Ferreira e Gerson de Moraes Ferreira, respectivamente, pai e avô das vítimas. Entre os outros nove réus está o coronel reformado da Polícia Militar Pedro Chavarry Duarte. 
 
Subscrita pelo promotor de Justiça Marcelo Muniz Neves, em exercício na 25ª PIP, a denúncia relata que a conduta de cada um dos denunciados colaborou para que praticassem os atos libidinosos com as crianças. Narram os autos que a primeira vez em que foi abusada sexualmente, a menina tinha apenas 6 anos de idade. Na ocasião, seu pai e seu avô, aproveitando-se da ausência da mãe dos ofendidos, passaram abusar sexualmente dos menores, colocando-os nus e praticando com eles atos libidinosos, conjunção carnal e coito anal. 
 
A partir de 2016, em várias oportunidades, Raphael e Gerson, passaram a levar o menino e a menina a um evento conhecido como “Encontros de Carros Antigos”, em Inhaúma, na Zona Norte do Rio.  Essa era a oportunidade em que todos os denunciados se reuniam, sob o pretexto de exibirem seus veículos, e abusavam sexualmente das crianças. 
 
Na denúncia, o MPRJ requer que os réus sejam condenados pelo crime de estupro de vulnerável – ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos, com pena de oito a 15 anos de prisão.  De acordo com as investigações, as vítimas foram submetidas a abusos, por diversas e incontáveis vezes, entre os anos de 2016 e 2019. 

Por MPRJ http://www.mprj.mp.br/home/-/detalhe-noticia/visualizar/77208

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Iniciar chat
Entre em contato
Olá!
Podemos ajudar?