fbpx

Vídeo mostra momento em que filha do bicheiro Maninho é cercada e baleada

Rio – Vídeos de câmeras de segurança mostram o momento em que a filha do bicheiro Maninho, Shanna Harrouche Garcia, de 34 anos, é baleada no estacionamento de um centro comercial na Avenida das Américas, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio. Uma bala ficou alojada no tórax da vítima, que passou por cirurgia no Lourenço Jorge e foi transferida para uma unidade de saúde particular. O estado de saúde de Shanna é estável e não há previsão de alta. No primeiro vídeo, o carro do atirador aparece entrando no estacionamento logo após a vítima. No entanto, na hora de retirar o ticket um criminoso abre a porta do carro para não ser flagrado pela janela do veículo. O atirador usava uma luva.

No momento dos disparos, imagens mostram o carro branco manobrando e se aproximando do veículo de Shanna. Quando ela estacionou e saiu do carro no centro comercial, o atirador deu a ré e disparou contra ela. Shanna voltou para seu carro, um BMW blindado, e ainda conseguiu fechar a porta, que foi atingida por um tiro.

Após os disparos, o carro do atirador fugiu logo após a passagem de um veículo pela cancela. Pelo menos três tiros foram disparados na ação. O carro de Shanna tem marca de tiro na porta da frente, ao lado volante, na porta traseira e no capô. Há uma marca de tiro também na parede do estacionamento.

egundo a delegada Adriana Belém, da 16ª DP, o atirador estava em um fiat Argo branco, com placa correspondente a outro carro. Shanna estava sendo seguida há pelo menos uma semana. Na semana passada, ela mandou áudio num grupo de WhatsApp de mães da escola dos filhos contando que havia um carro branco na porta do colégio com um homem de capuz e armado. Confira o áudio!

Áudio da filha do Bicheiro Maninho, onde relata episódio anterior em que quase fora atacada.

A delegada teve acesso às imagens da câmera de segurança do centro comercial e confirmou que o veículo de Shanna estava sendo seguido quando entrou no local.

“Agora vamos pedir as câmeras de CET Rio para sabermos desde que ponto ela vinha sendo seguida”, disse Adriana Belém. Segundo a delegada, o caso está sendo tratado como tentativa de homicídio. A policial disse ainda que nenhum pertence da vítima foi roubado. “Tudo indica que o crime foi premeditado”.

Fonte: Jornal O Dia

Publicado às 18h00 de 08/10/2019 – Atualizado às 20h59 de 08/10/2019

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Iniciar chat
Entre em contato
Olá!
Podemos ajudar?